Caso do Apagão: Homem das Cavernas promete salvar o Vasco no STJD

Posted on 23/08/2011

0


Vice de Finanças Jurídicas não paga a conta de luz e o jeito vai ser garantir iluminação à base de fogueiras.

Quinze minutos de breu poderão custar muito caro ao Vasco. O clube está correndo risco de ter São Januário interditado pela falta de luz na partida com o Santos no início do mês. Segundo o regulamento, o estádio deve garantir as condições de bom andamento do jogo, entre elas a iluminação.

O Caso do Apagão está sendo investigado pelo STJD. Mas o Bacalhau Loco saiu na frente e obteve algumas pistas importantes sobre as trevas da Colina. Acompanhe o efeito dominó.

Pra começar, o Vice de Finanças, Nelson Rocha, havia suspendido o pagamento de impostos. Sem impostos não há certidão, sem certidão não há dinheiro da Eletrobras. O que ninguém sabia é que o corte seguinte seria na energia elétrica. A estatal, que já não podia repassar as cotas de patrocínio, agora se vê impedida de repassar a luz.

Gênio, Roberto Dinamite sanará o problema voltando à idade da pedra. Chamará o seu Homem das Cavernas de plantão, Agostinho Marreta Taveira, pois ninguém acende fogueiras como ele. Taveira promete uma iluminação incendiária correspondente à luz artificial do estádio de São Januário. A contrapartida de Taveira já está garantida: Dinamite prometeu-lhe a outra metade do dinheiro do seguro-apagão.

O último a sair, apague a luz! Ou melhor, apague as fogueiras.

Anúncios
Posted in: Justiça